Páginas

Livros & Reticências: |RESENHA| De Olhos Fechados - Lavínia Rocha

|RESENHA| De Olhos Fechados - Lavínia Rocha

Título: De Olhos Fechados
Autor: Lavínia Rocha
Editora: D`Plácido Editora
Páginas: 256
Ano: 2014
Classificação: 5 estrelas.

“Ignorar é a solução”, foi o que pensou Cecília quando alguns papéis beges começaram a surgir no seu quarto, na bolsa e nos seus livros. O que seriam aquelas ameaças e informações sem nexo? Quem estaria mandando? Como se não bastasse, a cada vez que os lê, uma imagem passa em sua mente. Talvez isso pudesse ser menos estranho se Cecília não fosse cega desde o dia que nasceu. Para desorganizar ainda mais sua vida, Tiago – o garoto novo da escola – começa a balançar seu coração e a fazer com que sinta o que ela jamais sentiu. Sua dificuldade agora é acreditar no que sempre tentou passar às pessoas: ser cego não é sinônimo de limitação e tristeza. Entre os desafios do dia-a-dia e da adolescência, Cecília se vê envolvida em um mistério que pode afetar sua vida e de todos os belo-horizontinos, e ela não vai descansar até descobrir – e entender – um grande segredo do passado da cidade que os livros de História jamais ousaram contar. 

Olá, hoje vamos falar de livro e empoderamento de pessoas com deficiência visual<3 
De Olhos Fechados é um romance misterioso, e o segundo livro da Lavínia Rocha, sendo publicado pela Editora D’plácido.
Em primeiro lugar, quero dizer que este livro é um cartão postal de Belo Horizonte, se você nunca visitou FISICAMENTE essa cidade assim como eu, vai ficar louco para ir, e se você já visitou ou mora nela, vai amar a forma descritiva que a autora usou.
Bom, em 254 páginas, a autora explora a realidade dos cegos, incluindo romance e muito mistério. Cecilia Silva Ortiz é uma garota que nasceu cega... Em alguns momentos ela demonstra ser forte, fazendo coisas difíceis para ela sem ajuda de ninguém, e em outros momentos desaba por palavras ou atitudes que as pessoas demostram em relação a sua situação.
Porém, o novo aluno da sua sala, Thiago, logo se encanta com ela, sem saber que ela é cega, afinal, anos de experiência fizeram Cecilia aprender a fazer seus olhos seguirem o som da voz das pessoas, e através de um bilhete não lido, ele descobre, porém sua postura continua a mesma, ele cria muito carinho por Cecilia e em pouco tempo começam a namorar.
A garota tem uma vida ativa, e gosta de se mostrar independente, tem um pai e uma irmã maravilhosos e amigos muito agradáveis que não exclui ela de nada. Contudo, muitos mistérios rondam a vida dela, afinal ela sempre recebe bilhetinhos beges com informações estranhas, coisa comum claro, mas o problema é que toda vez que ela lê o bilhete, uma imagem passa pela sua cabeça, isso deixa a garota com muito medo, pois ela jamais enxergou. Porém, mais estranho ainda é uma sucessão de mortes estranhas na sua família materna “Silva Ortiz”, incluindo sua mãe e seu avô que morreram próximo ao monumento chamado de “O Pirulito”, tiveram seus corpos encontrados, examinados, e logo depois, estranhamente roubados ou sumidos.
Cecilia tem uma relação bem legal com Thiago, porém nunca contou sobre os tais papéis beges, mas chega um momento em que não dá mais para esconder, e eles começam a pesquisar sobre as frases e palavras. “Antônio Rego,1922” é o bilhete que os fazem chegar ao ”Pirulito”, chegando lá, Cecilia descobre um poder sobrenatural de fazer todas as pessoas sumirem instantaneamente, porém um homem tenta mata-la, Thiago a salva, e eles descobrem um abrigo subterrâneo secreto, lá eles descobrem mais pistas, e uma lista com nomes da família Silva Ortiz, a partir deste momento, o casal descobre uma maldição envolvendo o sobrenome dela, que pode acabar com toda a cidade e matar todos os conterrâneos, proveniente de uma briga com a família rival “Souza Mendes”, a muito tempo atrás. Neste momento, inicia-se uma corrida contra o tempo, para salvar a cidade e quebrar a profecia.
Inicialmente, achei que fosse encontrar um livro meloso e bem clichê, porém a autora no inicio da juventude, conseguiu passar inovação na escrita e na criação do enredo, afinal esse é o primeiro livro dos muitos que já li sobre maldição de famílias e poderes sobrenaturais. Foi excelente na criação do cenário e descrição dos personagens, cheios de personalidades essenciais para a composição de cada detalhe final.
Além da fabulosa escrita, Lavínia se mostrou uma pesquisadora nata e super agente social, denunciando a forma que as pessoas lidam com os cegos, mostrando que são pessoas que podem também ter uma vida particular sem precisar de um babador á todos instante. Ou seja, são capazes de ter uma vida individual como qualquer outra pessoa, é somente que cada um faça sua parte para proporcionar um ambiente agradável e acessível ao individuo.
Dei muito valor, a forma que a autora conseguiu trabalhar isso e criar um personagem forte como a em questão. A editora fez um trabalho bem legal de diagramação e revisão da obra, apenas pecou na folha branca que diminuiu um pouco meu ritmo de leitura, a capa mostra bastantes aspectos essenciais ao enredo, como os monumentos e claro, Dina, a cão-guia.
Recomendo a leitura, para quem gosta de mistério e aventura, com uma pontada de romance, que não poderia faltar.
O que achou da resenha? Já leu ou leria o livro? Deixe sua opinião nos comentários.

Abraços e até a próxima!



21 comentários:

  1. Olá,

    No começo da sua resenha me vi querendo desesperadamente por este livro.
    Mas, quando chegou na parte "sobrenatural" meu desejo ruiu, caiu por terra.
    Até gosto de livros sobrenaturais, mas esperava algo diferente da história e acabei me decepcionando um pouco. Contudo, acredito que a premissa agradará a muitos. Gostei bastante do trabalho de diagramação que a editora teve, está muito bonito.

    Beijos,
    entreoculoselivros.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Thay,

      Que pena, mas acredito que o "sobrenatural" foi o diferencial do livro, sabe? Qual a melhor maneira de empoderar os cegos, do que colocar imensos desafios a frente deles? Pense nisso.

      Excluir
  2. Isaac que livro mais encantador, eu realmente adoraria ter a oportunidade de ler algo assim, ainda mais sendo dessa gênero, essa editora está sendo uma surpresa e tanto para mim, dica super anotada!
    Beijinhos da Morgs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Morgana,

      Que bom que gostou, espero que este livro chegue ao Segredos Literários e você também possa desfrutar da leitura.

      Bjs

      Excluir
  3. Oi, confesso que fiquei encantada com a história no início quando você falou da autora tratando de como é a realidade de uma pessoa cega, mas quando chegou na parte de maldições, sobrenatural e tudo mais; tenho que confessar que meu interesse diminuiu drasticamente. Acho que em uma história que tinha tudo para ser incrível sem esse apelo, colocar isso fez com que sei lá, acho que não funcionasse para mim... Vou passar a dica só por isso, mas tenho certeza que deve ser uma boa leitura como você falou!
    Um beijo
    www.brookebells.com

    ResponderExcluir
  4. Oi, Isaac
    Não conhecia o livro, mas gostei bastante da resenha. Muito bom quando os personagens nos agrada. Gostaria de ver como a deficiência visual foi abordada, é um tema que vemos pouco na literatura, né?
    Gostei muito da dica e leria com toda certeza.

    ResponderExcluir
  5. Olá,
    Ainda não conheço a escrita da Lavínia, mas essa é a segunda resenha que leio sobre essa sua obra e confesso que estou bem ansiosa para fazer essa leitura.
    A premissa da obra é muito interessante e estou intrigada para ver como a autora conseguiu descrever a realidade e situações vivenciadas por pessoas que possuem essa limitação da visão, sem contar em todo esse mistério em torno dos bilhetes. Dica anotada e adorei a resenha.

    http://leitoradescontrolada.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Olá, eu já estava de olho nesse livro há um tempão, por trazer uma personagem deficiente visual, aí quando fui num evento e conhecia a autora, super simpática, corri pra comprar o livro dela e estou só esperando um tempinho pra ler (embora ache que agora vou demorar mais para lê-lo, pois na sua resenha descobri coisas sobre a história que eu quero esquecer até a hora de ler o livro).

    ResponderExcluir
  7. Que interessante. A parte sobrenatural dá uma guinada totalmente inesperada à trama, pelo que senti do seu texto. Vou ficar atenta caso encontre. Abraços!

    ResponderExcluir
  8. OI!!

    Esse livro me despertou a curiosidade, primeiramente pq não é todo dia que temos uma protagonista deficiente visual e depois pq o livro vai aquém disso. A autora consegue trabalhar com o real e com o fictício, ao mesmo tempo que ocorre a conscientização sobre as pessoas com necessidades especiais também cativa o leitor com um mundo de mistérios. Obrigada pela dica, muito bem vinda.Beijos!

    ResponderExcluir
  9. Olá, gostei como Lavinia traz um tema tao delicado, em uma história tão bela e desenvolvida de uma forma tão simples. Conscientizar nossa sociedade sobre os deficientes visuais, mostrar que eles podem ter uma vida normal como qualquer um, e que merecem nosso cuidado e ateção é um trabalho que a autora fez muito bem.

    ResponderExcluir
  10. Olá!
    Eu AMEI a sua resenha! Achei muito interessante a protagonista ser uma deficiente visual e darmos mais atenção à esta condição, tão pouco falada. Ainda mais por causa dessa viagem que os livros de história nem ousaram contar, juntaram duas coisas que me chamam muito a atenção.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  11. Ola
    Adorei saber do sobrenatural, amo esse tema, assim como sempre me chama atenção livros com deficientes visual, adoro que retratem de forma natural protagonistas que se superam, não conhecia o livro e já vai para minha lista de leitura. beijos e ótima resenha.

    Joyce
    www.livrosencantos.com

    ResponderExcluir
  12. Olá.
    Estou com esse livro aqui em casa para ler, quando solicitei ele não tinha nem mesmo lido a sinopse, e lendo sua resenha fiquei mega empolgada, pois realmente o livro tem uma premissa linda. Encantada aqui, fiz uma boa escolha e tenho certeza que vou amar o livro assim como vc.
    Linda resenha.

    ResponderExcluir
  13. Que livro bacana! Não conhecia o título, mas fiquei super intrigada pela resenha. Adoro essas historias com suspense e pistas. Vou anotar pra poder ler depois! Amei o blog, super fofo e bem organizado!
    Parabéns :D
    Beijão
    http://www.coisasdarah.com

    ResponderExcluir
  14. Olá, tudo bem? Não conhecia o livro nem a autora mas que história legal. Ela chamou minha atenção junto com a sua resenha e adoro histórias que envolvam mistérios para serem resolvidos. Dica anotada (;
    Beijos,
    diariasleituras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  15. Olá, tudo bem?

    O livro me pareceu ser bem legal, eu leria sim, achei muito bacana a autora ter abordado a questão visual com cuidado e muito bem, pelo que você nos passou na resenha. Fiquei curiosa sobre a inovação, e já quero conhecer a cão guia. :D Dica anotada!!!

    Beijo!
    Ana.

    ResponderExcluir
  16. Olá, o livro realmente parece ser lindo com personagens realmemte encantadores e esse toque sobrenatural aposto que vai fazer toda a diferença pra historia ficar mas intrigante ainda

    ResponderExcluir
  17. Oi Isaac, tudo bem?
    Eu fico impressionada com a força dessas pessoas, elas realmente conseguem se virar sozinhas apesar de suas limitações. Nunca li um livro cujo personagem tivesse deficiência visual. E fiquei super empolgada com essas mortes, esse mistério todo em volta dessa maldição. Não conhecia o livro, mas estou louca para ler!!! Sua resenha ficou ótima!!!
    beijinhos.
    cila.
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  18. Olá!
    Não conhecia o livro e gostei da premissa, são poucos livros que conheço que abordam esses temas, e achei a forma como a autora cativa o leitor e ao mesmo tempo passa a mensagem. Eu adoro livros de suspense, ainda com essa personagem maravilhosa que tem muito a ensinar, já quero esse livro! E ainda podemos conhecer Belo Horizonte sem gastar nada rs' parabéns pela resenha, me deixou mega interessada no livro e espero poder conferir essa história!

    Beijos!
    http://lovesbooksandcupcakes.blogspot.com.br//

    ResponderExcluir
  19. Hello! Tudo bem?
    A Lavínia Rocha é uma fofa ne?
    Conheci a autora ano passado e amei demais a animação dela.
    Ainda nao tive a chance de ler nada da autora, mas gostei do que apresentou do livro De Olhos Fechados.
    A ideia me chamou a atenção e os pontos apresentados achei interessante.
    Amo livros assim, e a capa está linda demais.
    Beijos

    Livros e SushiFacebookInstagramTwitter

    ResponderExcluir

Obrigado pelo seu comentário! :)

Deixe seu link, quero ver o seu blog!
Abraços *-*