segunda-feira, 28 de julho de 2014

Callis homenageia Santos Dumont em obra que revela muitas curiosidades de sua infância

    Muito além da invenção do 14-bis, livro mostra como o menino nascido no interior de Minas Gerais ganhou o mundo e se tornou o “Pai da Aviação”


Santos - Dumont 

Coleção Crianças Famosas

Autor: Nereide Santa Rosa
Coleção Crianças Famosas
Formato: 21X21
24 páginas
Editora : Callis




Pouco mais de um século depois da invenção do 14-bis, nem ele, Santos Dumont, poderia imaginar que um inocente sonho de menino ganharia os ares e encurtaria distancias. Mas, como um menino nascido no interior de Minas Gerais se transformou no pai da aviação? Essa e outras respostas serão encontradas por adultos e crianças na obra “Santos Dumont”, da Callis Editora.

Filho de um engenheiro que coordenava a construção de uma estrada de ferro, Santos Dumont já demonstrava sua paixão pelas máquinas desde menino. Passava a maior parte de seu tempo observando a engrenagem das máquinas na usina da fazenda de café ou dirigindo uma pequena locomotiva a vapor que transportava madeira. 

Se alguma engenhoca quebrasse não tinha problema, lá estava ele disposto a consertá-la. E de tanto observar o comportamento das máquinas, o menino logo decidiu inventar seu próprio brinquedo, movido a cata-vento.

Algumas horas de seu dia eram dedicadas à observação dos pássaros e o movimento de suas asas. Ele também adorava empinar pipas. Mas ao contrário dos meninos de sua idade não era a cor ou a força do ‘cerol’ que o preocupavam mais. Analisava tamanho e peso da pipa, o formato da linha e deixava as conclusões bem arquivadas na cabeça.

Nas festas juninas, não tirava os olhos dos balões e se irritava quando, durante uma brincadeira, o amigo Pedro dizia que o homem não voava. Mesmo com a caçoada dos outros, Santos Dumont não se importava: sabia que um dia o homem poderia voar.

Aos 15 anos, quando se mudou para São Paulo, viu, pela primeira vez um balão preso ao chão levantar vôo bem na sua frente. E não teve dúvidas: queria construir os próprios balões. Não os pequenos feitos de seda, mas balões enormes que poderiam ser guiados para onde o piloto desejasse.


Percebendo sua capacidade, o pai mandou-o estudar mecânica em Paris e, a partir de então, o pequeno Alberto passou a construir seus sonhos: inventou o balão dirigível, criou o primeiro hangar para guardar aeronaves, inventou a asa delta e a hélice e a principal delas: o 14-bis. 

“Santos Dumont” pertence à Coleção Crianças Famosas, que conta os primeiros anos de vida de compositores, pintores, artistas e personalidades universais. Entre eles: Monteiro Lobato, Mozart, Beethoven, Cecília Meirelles, Michelangelo, Leonardo da Vinci e muitos outros. 

E ai ? Quem vê a capa e diz que é para crianças se engana... Gostaram ? Quero vê vocês lendo o Santos - Drumond !! ^^ Beijos ! ~

Um comentário:

  1. Olá !
    Adorei conhecer a obra , a premissa é legal e adoro esses livros do gênero .
    Estou lendo um livro em que o autor nos fala um pouco da sua infância , é bem legal e achei a capa desse aí muito boa !
    Adorei a resenha , parabéns pelo blog ;)

    ResponderExcluir

Obrigado pelo seu comentário! :)

Deixe seu link, quero ver o seu blog!
Abraços *-*

Este blog observa a LEI DE DIREITOS AUTORAIS 9.610, DE 19/02/1998, DO GOVERNO FEDERAL BRASILEIRO. Por favor, não copie o conteúdo deste blog. Os direitos autorais dos textos contido neste blog são propriedade da EQUIPE DO LIVROS & RETICÊNCIAS. A reprodução, adaptação, modificação ou utilização do conteúdo disponibilizado neste blog, parcial ou integralmente, é PERMITIDA SOMENTE COM AUTORIZAÇÃO PRÉVIA por escrito dos titulares dos direitos autorais. Qualquer USO NÃO AUTORIZADO PODE CONSTITUIR UMA VIOLAÇÃO DAS LEIS DE DIREITOS AUTORAIS, das leis de privacidade e das leis das regras de comunicações.
Tecnologia do Blogger.

Postagens Recentes

recentposts

Talvez você goste:

randomposts