Páginas

Livros & Reticências: |Resenha| Enfynie - A Outra Dimensão - Patrícia Fagundes

|Resenha| Enfynie - A Outra Dimensão - Patrícia Fagundes

Resenha enfynie de patricia fagundes

Olá, tudo beleza por ai?

Hoje, a resenha que eu trago para vocês é do primeiro livro da trilogia Enfynie, com titulo de Enfynie - A Outra Dimensão, recebido de parceria com a autora Patrícia Fagundes.


Enfynie - A Outra Dimensão é uma fantasia que vai nos apresentar a garota Natasha Fernandes, que mora em uma apartamento com seus pais e seus irmãos, e vive trancafiada dentro do quarto guardando sua vida mesquinha para si própria. Ela é uma menina extremamente mimada e antipática, porém não segue o exemplo dos pais que são amorosos. Natasha tem uma vida pacata, entretanto tudo muda quando um dragão de olhos flamejantes cruza o seu caminho. Literalmente. A garota está andando de bicicleta quando uma luz incomoda sua visão, e ela acaba achando a miniatura de dragão no meio da rua, meio que enfeitiçada pelo bicho, ela leva-o pra casa.

"- Ah, uma estátua de dragão, dourada, com os olhos vermelhos.
- É de ouro? - a irmã perguntou.
Por que não levou direto pra Associação de Moradores do condomínio? - Paula relembrou, pois sempre ensinara os filhos a devolver aquilo que achassem no chão. Nunca pegarem para si."

O dragão é um amuleto e após uma noite de sono, a garota é transportada para uma dimensão paralela chamada Enfynie, que ela nunca ouviu falar, ou jamais foi conhecida por outro humano. 
Enfynie é um planeta dividido em 10 áreas de espécies diferentes. Gar, Área 5, é o destino da menina, que atordoado precisa entender o que ela está fazendo naquele planeta distante, e principalmente como sair de lá. 

Assim que Natasha chega ao planeta, conhece Onglier, um Reyat que se comunica através do olhar. Onglier não faz parte da Área 5, mas está ali pois está estudando para ser sacerdote. Através dele, Natasha conhece Dhag, rei da área, e Thier, sua filha princesa. 

Resenha enfynie de patricia fagundes

Depois de todo o castelo conhecer a situação da garota, eles vão de encontro a dragão fêmea E'rien, uma espécie de oráculo, para saber como enviar de volta a garota. Porém, a resposta da deusa é enigmativa, e diz que Natasha teria que conquistar seu espaço em Enfynie, e ser reconhecida por todas as espécies através de provações. 

A partir disso, acabam as regalias de visitante no castelo, e Natasha passa a ter aulas do idioma local, história do planeta, além de serviços gerais no castelo e babá da princesa, afim de conquistar o reconhecimento dos Norgs. Assim, a garota segue em uma jornada de conquista de reconhecimento pelas dez áreas de Enfynie, com o grande objetivo de voltar para a sua família, nisso ela viaja entre rios e desertos, enfrentando Tamurs e Trishis, além de ter de conviver desde nômades á canibais. 

Resenha enfynie de patricia fagundes

Então, a Patricia Fagundes escreveu um ótimo livro. A escrita da autora é bem leve, porém detalhista. A trama criada por ela é bem estruturada e com certeza tem potencial para uma trilogia. Enfynie não é um planete que surgiu do nada, como alguns autores fazem e nos empurram guela a baixo. Patricia nos faz viajar desde a formação do planeta, toda a sua história, características de suas áreas, além do idioma próprio, tudo isso envolvido na história. 

A história é muito cativante. Confesso que adiei muito a leitura do livro devido ás suas 430 páginas, porém a leitura correu em dois dias que passaram correndo. A autora descarregou na obra todos os seus dons, e se mostrou uma excelente escritora, maravilhosa desenhista devido as ilustrações no decorrer do livro, afinadíssima cantora já que criou melodias para a trama e eximia comunicadora já que criou uma incrível história em terceira pessoa. 

Entre todas essas boas características, Natasha com certeza é a erva daninha. Apesar de estarmos com ela á toda instante, essa protagonista é incrivelmente chata e resmungava a todo instante.

Resenha enfynie de patricia fagundes


Resenha enfynie de patricia fagundes

A revisão da obra é de partir o coração. A editora economizou recursos no trabalho editorial desse livro, e o resultado foi um exemplar cheio de erros, e até um parágrafo faltando. A autora enviou uma folha á parte com errata para que fosse feita a leitura. Estou decepcionado com o trabalho editorial depois desse livro. Graças á Deus, que a história conseguiu superar esse ponto de declínio.

Porém, uma edição nova, sem erros, está a venda pelo e-mail enfynie@gmail.com, ou pela loja virtual AQUI. A culpa da má edição não foi da autora, e o reflexo não deve cair sobre ela. 

Recomendo á leitura para qualquer amante de fantasia, com direito á realidade paralela, acredito que seria uma prato cheio para os fãs de George Martin e Tolkien.  

Estou ansioso para o próximo livro da trilogia Enfynie. Até mais!

Enfynie - A Outra Dimensão - Patrícia Fagundes
Titulo: Enfynie
Trilogia: Enfynie
Autora: Patrícia Fagundes
Gênero: Fantasia
Páginas: 432
Editora: Novo Século - Selo Talentos da Literatura Brasileira
Sinopse: Natasha Fernandes era uma menina comum, de vida confortável e monótona, até encontrar um misterioso amuleto, que mudaria drasticamente sua realidade. As fantasias que ela imaginava existir somente em fábulas se tornam realidade: o amuleto abre uma passagem que a conduz abruptamente para outro mundo. Agora, em outra dimensão, Natasha tentará ser firme, e manter as esperanças de um dia retornar, e novamente encontrar sua família e seus amigos. Enquanto isso luta para sobreviver aos perigos e desafios existentes em Enfynie, um planeta em outra dimensão repleto de vida inteligente e criaturas fantásticas.



2 comentários:

  1. Oi Isaac, tudo bem?
    Achei a capa tão linda, que pena que a editora pecou assim, teria tudo para ser uma edição maravilhosa.
    Referente a resenha você está de parabéns, conseguiu me deixar com aquele gostinho de quero mais sabe? Uma vontade enorme de ler o livro, eu amo quando autores conseguem desenvolver um universo paralelo com todos os detalhes sem deixar escapar nada.
    Vou anotar aqui para ler depois, beeeijos!
    Lost Words!

    ResponderExcluir
  2. Oh, uma pena a editora desvalorizar um obra assim! Ainda mais numa obra, onde aparentemente a autora teve todo o trabalho de não soar igual aos outros livros, principalmente a principal.
    Provavelmente, vou dar uma olhadinha na edição nova, quem sabe não faz parte da minha coleção?
    obrigadinhaaa

    ResponderExcluir

Obrigado pelo seu comentário! :)

Deixe seu link, quero ver o seu blog!
Abraços *-*