Páginas

Livros & Reticências: |RESENHA| Filha da Floresta - Juliet Marillier - Coleção Sevenwaters

|RESENHA| Filha da Floresta - Juliet Marillier - Coleção Sevenwaters

Titulo: Filha da Floresta - Trilogia Sevenwaters
Autora: Juliet Marillier
Editora: Butterfly
Páginas: 606
Edição: 4
Compre: AQUI
Livro cedido em parceria com a editora.
SinopseO domínio de Sevenwaters é um lugar remoto, estranho, guardado e preservado por homens silenciosos e criaturas encantadas, além dos sábios druidas, que deslizam pelos bosques vestidos com seus longos mantos... Os invasores da floresta, os salteadores de além-mar, os bretões e os vikings, estão todos decididos a destruir este lindo paraíso. Porém, o mais urgente para os guardiões de Sevenwaters é destruir o mal sombrio que se introduziu em seu domínio: Lady Oonagh, uma feiticeira, bela como o dia, mas com um coração negro como a noite.Landy Oonagh conquista Lorde Colum, mas não consegue encantar a prudente Sorcha e seus bravos irmãos. 


Filha da Floresta é um livro com 607 páginas, escrito pela aclamada autora Juliet Marillier, publicado em 2012, pela editora Butterfly.

Sorcha é uma garotinha, que chegou para mudar o comum. Ela era o sétimo filho de um sétimo filho, que deveria ser homem... De acordo com os contos, o sétimo filho de um sétimo filho, seria dotado de poderes mágicos e protegidos pelos Seres da Floresta, porém o destino resolveu mudar o rumo das coisas, e trouxe uma menininha. A garota cresceu rodeada por seus seis irmãos: Liam, Diarmid, Finbar, Conor, Cormack e Padriac. Por este motivo, adotou hábitos despojados, na época, característicos de homem. Seu pai Lorde Colum, sempre foi um bom homem, porém logo após o seu nascimento que resultou na morte de sua esposa, ela tornou-se um homem frio que só pensava em controle territorial e na segurança de Sevenwaters, o vilarejo que eles moravam.



Sevenwaters era um lugar mágico, o exato ponto de encontro das sete correntes de água de desciam as montanhas que rodeavam o vilarejo. Local de extrema segurança, já que era rodeado por uma floresta enigmática e impenetrável para que a desconhecia.
Sorcha e seus irmãos eram inseparáveis e conectados, já que tinham pouco contato com o pai, e quase nenhum tiveram com a mãe. Sorcha nunca concordou com os preceitos de guerra e tortura ao inimigo do pai, até que um dia, ela e Finbar salvam um prisioneiro e levam ela para a cabana de Padre Brien, um velho padre estrangeiro que foi acolhido pelo vilarejo, e passam a cuidar dele até que os ferimentos da tortura realizada pelos soldados sejam sarados. O nome dele era Simon, e era bretão, vinha das terras da Grã-Bretanha. Simon se condena por ter falhado na missão, e fecha sua mente para as investidas de Sorcha, ele não quer e acha que não tem mais motivos para viver. Os ferimentos são muitos graves e Sorcha aplica diversos unguentos e chás para curar ou pelo menos acalmar a dor, porém a negatividade que exala de Simon, distancia dele qualquer resquício de cura. Porém, aos poucos Sorcha vai conquistando a confiança de Simon, até que um dia Sorcha é chamada pelo Lorde Colum, para anúncio de seu casamento, e se despede de Simon e pede para ele aguardar o padre Brien e esperar ela voltar, porém Simon, recuperado, foge, sem deixar rastros, apenas um amuleto. Sorcha, que já tinha afeto por Simon, se desmancha em tristeza.



Para aumentar a dor da garota, Lorde Colum anuncia seu casamento com Lady Oonagh, uma fria e bela jovem das terras do norte, que desagradou a Sorcha e seus irmãos Finbar e Conor, já que todos sentem a energia negativa que emana dela. Após o casamento, Lady Oonagh espalha uma onda de negatividade na família e na casa, onde animais morrem, plantas apodrecem e as pessoas se tornam frias e insensíveis. A maldição trazida pela mulher chega ao ponto que os irmãos decidem pedir ajudar a Dama da Floresta, e durante o ritual de invocação, que era pra ser salvador, surge Lady Oonagh e lança sobre os seis irmãos, já que Sorcha consegue fugir e se esconder na floresta, uma terrível maldição, onde todos eles se transformariam em cisnes e somente voltariam à forma humana no período entro o por do sol e o amanhecer no solstício de verão e inverno.
"– Você vai descobrir, filha da floresta. Através de dor e sofrimento, de grandes obstáculos, de traição e perda, você seguirá seu caminho."
Sorcha visivelmente abalada clama pela ajuda da Dama da Floresta, e ela atende, porém para que a maldição seja desfeita, Sorcha teria que sofrer muito. A garota teria que fazer uma camisa para cada um dos seus irmãos, porém cada camisa deveria ser de um tecido confeccionado com fibras de estrela d’agua, uma planta que nasce ao redor de lagos, com espinhos farpados. E não é apenas isso, durante todo tempo ela não poderá emitir qualquer ruído, sejam canções ou murmúrios, caso isso aconteça à maldição permaneceria para sempre. A Filha da Floresta prontamente aceita o desafio, porém muita coisa a aguarda neste percurso para trazer de volta os seus irmãos.
"Seres como ela sempre irão dizer que não existe luz ou escuridão, apenas sombras. Que todo o caminho pode ser certo ou errado e que bem e mal são apenas dois lados da mesma moeda. Cabe a você acreditar ou não."
Esse é o momento que eu queria ter um canal no Youtube, só para mostrar para demonstrar para vocês por meio de caras e bocas, o quanto esse livro é bom. Durante inúmeros momentos da leitura, eu me vi feliz, triste, emocionado, revoltado e atordoado. Sério, é uma explosão de sentimentos.
Sorcha é uma garota de 14 anos, porém muito a frente do seu tempo, e ao decorrer da leitura, se mostra madura e forte, já que foi abandonada, não teve amor de pai, nunca teve contato com a mãe, além de perder seus irmãos, seu amigo Simon e seu pai fraternal Padre Brien. Sorcha não pode falar, convive o tempo todo com a dor dos espinhos, é estuprada e perde o seu único amparo. Sorcha é uma protagonista inigualável.
" Você é o sangue que corre em minhas veias e o bater do meu coração. É a primeira coisa que me vem a mente quando acordo e a última antes de eu adormecer. Você é... tudo o que sou, é o ar que eu respiro."
Juliet Marillier, a autora, nasceu na Nova Zelândia, país com fortes tradições escocesas, por isso, criou um mundo fantástico, e soube incluir muito bem a cultura celta. Com uma escrita detalhista, porém acolhedora, ela consegue segurar o leitor e provocar inúmeras sensações no decorrer da leitura. Ela é incrível!
O livro é movido á amor... O amor de uma garota que luta para salvar os seus irmãos, e esse sentimento é extraviado para o leitor, de forma que nos deixa extasiados.
Sempre fui admirador da cultura celta, e este livro é uma ótima pedida, já que ele tem referências constantes aos costumes do povo.
"Sempre imagino nós sete como membros de um corpo. Podemos estar separados e ter a impressão de que não há futuro para nós. Podemos seguir caminhos diferentes, cair, quebrar e voltar a ser inteiros novamente. Mas no fim, tão certo quanto o sol e a lua atravessam o arco dos céus, todos os dias, a força de um será a força dos sete."
Apesar, de o foco estar na maldição, o livro conta com um amor proibido entre Sorcha e um bretão. Esse parte do livro passa uma mensagem importantíssima, já que o bretão se apaixona pela garota apenas pelos seus atos já que ela não pode falar e não te condições de se arrumar á ponto de chamar a atenção de outras pessoas.
Filha da Floresta tem uma mensagem atual sobre empoderamento feminino, já que Sorcha frustrou a todos por quebrar a tradição do “sétimo filho de um sétimo filho”, mas acaba surpreendendo com sua força. Além disso, o próximo livro da série também tem protagonista feminina e eu estou louco para ler.
"Há tantas formas de se tornar um herói quanto os galhos de uma grande árvore. Podem ser formas maravilhosas, terríveis, simples ou complicadas. Elas se unem, se separam e se interligam novamente, e você pode segui-las da maneira que desejar."
A capa é linda e tem arabescos, titulo e logo da editora laminados e titulo com relevo. A diagramação está impecável com símbolos celtas, arabescos no inicio de cada capitulo, além de folhas amareladas e fonte adequada para leitura.
Filha da Floresta é a minha fantasia favorita. 


Espero que tenham gostado da resenha, deixem sua opinião nos comentários! Até a próxima!




27 comentários:

  1. Oi Isaac,
    Eu já tive o prazer de ler o livro em 2015 e também entrou para o meu hall de leituras favoritas, essa série inteira é muito boa, e a cada livro achamos que a Juliet não pode nos cativar mais e ela pá nos surpreende, pois todos eles são maravilhosos.
    Espero que você goste dos próximos tanto quanto eu.
    Beijooos

    ResponderExcluir
  2. Oi!
    Li esse livro ano passado e assim como você fiquei enlouquecida e com certa dificuldade de me expressar, desejando ter um canal pra poder fazer caras e bocas que dissessem o quão bom esse livro é. O segundo livro também é maravilhoso e já estou partindo para o terceiro haha.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  3. Olá
    Quero muito conhecer essa serie, gosto muito dessas histórias com um ar mágico das culturas antigas, espero me apaixonar tanto quanto você.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Dani,

      Menina, que você tá experando? Corre, dá uma chance pra série. Tu vai amar..

      Bjs

      Excluir
  4. Uau, me apaixonei pelo livro, parece ser muito booooooom. E suas fotos são incríveis. Eu sou apaixonada por livros e fotos então sua resenha me ganhou. Parabéns!

    www.memoriasdeumaleitora.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Suzane,

      Nossa, agora falou minha língua... é só juntar livro e fotografia que tá tudo lindo!

      Obrigado por tudo,
      Bjs

      Excluir
  5. Oii, apesar de ver o livro circulando em outros blogs, eu ainda não tinha o conhecimento dessa história e tenho que dizer que gostei do que você mostrou em sua resenha. Estou curiosa para ler o livro e saber mais da história.

    beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá,

      Que bom que gostou da pegada do livro. Assim que ler, vem pra gente discutir <3

      Bjs

      Excluir
  6. Que resenha mais linda! Vou te dizer que já li muitas resenhas sobre este livro e de verdade nunca me interessei por completo. sua resenha foi um presente. Adorei os detalhes e a forma como conduziu o texto! Fiquei com outra visão sobre o livro! =D

    Abraços!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Vanessa,

      Que lindo, não sabe como isso me deixa feliz. Que bom que serviu para mudar a tua visão sobre a história, quando o livro é bom, a gente tem que mostrar né?

      Bjs

      Excluir
  7. Ou, tudo bem?
    Faz uns dois anos que tenho o livro porém ainda não li por pura enrolação mesmo.
    Eu gosto bastante da premissa dele, mas vou esperar ter os outros para ler!
    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá,

      Menina, que pecado, Vai em frente, se ler e gostar, vai ser impulso para comprar os outros ;)

      Bjs

      Excluir
  8. a edição é bem bonita mesmo... mas apesar de abordar a mitologia celta acabei não me atraindo pela premissa dele... sem contar que é um baita calhamaço e ultimamente só tô dando conta de leituras mais rápidas e curtas... =/

    adorei essa photo aê na árvore *-*
    bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá,
      É um livro lindo <3 Que pena que não se atraiu tanto, mas gosto não se discute, né?
      Ele tem mais de 600 páginas, vai flui direitinho. Se der, tenta ler, vai amar.

      Obrigado pelo carinho <3

      Excluir
  9. A trama que você narrou é muito relevante. E foi curioso porque tive a sensação de que era uma releitura de um conto de fadas. Fui pesquisar e vi que era. Já ouviu falar de "Os seis cisnes", dos Irmãos Grimm? Dê uma olhadinha depois e me diga o quanto mais o livro foi inspirado nele! Abraços!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá :)
      Nossa, você é super atenta, hein?
      É sim, no inicio tem uma nota da autora, onde ela fala que é sim baseado no antigo conto: Os Seis Cisnes. É que a resenha já tava tão grande, que decidi não falar.

      Leia, não vai se arrepender.

      Excluir
  10. Isaac, tudo bem?

    TÔ de olho nas obras dessa autora, mas nunca consigo preços mais acessíveis. Quando li a sinopse tempos atrás super me interessei, de lá pra cá só vi resenha positiva. Deve ser mara!

    Beijo

    Leitoras Inquietas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Krisna,

      Tudo ótimo!

      Menina, pior que é verdade viu. Tenta aguardar alguma promoção maluca dessas lojas online.

      Beijos,

      Excluir
  11. Não sabia que esse livro era de 2012, ano passado ele fez um sucesso tão grande, praticamente uma febre, que eu achei que era lançamento do ano passado, para quem gosta de uma boa fantasia esse livro parece ser um prato cheio,mas não faz muito o meu gênero

    ResponderExcluir
  12. Incrível como as vezes julgamos um livro pela capa e perdemos a oportunidade de ler um livro incrível. Sempre recebi ofertas desse livro por e-mail, mas não achava que ele fosse tão incrível, imaginava uma história diferente, mais uma sobre pessoas escolhidas que salvam o mundo, mas pelo visto é bem diferente. Fiquei com vontade de ler, quero conhecer essa garota forte e empoderada!
    Parabéns pela resenha, não teve vídeo, mas deu para sentir o quanto o enredo mexeu com você.
    Beijo

    http://capsuladebanca.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  13. oie, nossa, essa série é cheia de magia e coisas interessantes, tenho uma grande vontade de ler e espero fazer isso em breve pois as opiniões são muito favoráveis.

    ResponderExcluir
  14. Sua resenha está animadora e me deixou mais do que empolgada para arriscar a leitura. acontece que o estilo não é nem um pouco a minha praia e tenho medo de ir com um pouco de expectativas demais. Por outro lado, saber que a personagem é incrível, mesmo só tendo 14 anos me faz pensar que só terei a certeza se der uma chance a esse livro que parece ser maravilhoso....
    E que capa mais linda!!!!
    Beijinhos,
    Lica
    Amores e Livros

    ResponderExcluir
  15. Olá, tudo bem? Ainda não conhecia este livro, mas gostei de como a história é apresentada e romance acontece em meio a um enredo tão cheio de reviravoltas. Pelas suas impressões, é uma leitura que me encantaria.

    ResponderExcluir
  16. Eu eu vi esse livro nos melhores do ano de muita gente mas infelizmente eu não gostei tanto assim dá sinopse. Acho que vou deixar passar a dica mesmo sua resenha estando maravilhoso. Beijos

    ResponderExcluir
  17. Olá.

    Esssa foi uma das melhores leituras de 2016 para mim. Que livro maravilhoso, né? Sorcha é uma menina super forte e conquistou o amor do bretão só por suas atitudes. Amei o empoderamento, a escrita da autora e a trama super desenvolvida com lindos dizeres poéticos. Fico feliz q vc também tenha amado.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  18. Olá, tudo bem? Esse livro está na minha meta de leitura tem muito tempo. Desde que soube da fantasia e mitologia celta envolvida fiquei apaixonadíssima, mas o número de páginas sempre me assustava junto com a questão de ser série. Sua resenha me lembrou dos motivos que comprei o livro, e agora fiquei mega ansiosa para ler. Adicionei-o novamente na minha meta esse ano. Ótima resenha!
    Beijos,
    diariasleituras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  19. Olá,
    Eu já conhecia o livro e é um dos que eu quero muito ler da Editora Butterfly. Assumo que eu sempre compro um livro pela capa e nunca quis procurar sobre o que o livro trata, mas acho que a personagem Sorcha é incrível e é um exemplo de superação. Sofreu tanto e foi responsável por quebrar a tradição. Fiquei ainda mais curiosa para ler.
    Beijos,
    Delírios Literários da Snow

    ResponderExcluir

Obrigado pelo seu comentário! :)

Deixe seu link, quero ver o seu blog!
Abraços *-*