quarta-feira, 30 de setembro de 2015

|Resenha| Cemitérios de Dragões - Raphael Draccon

Livro: Cemitérios de Dragões #1
Série: Legado Ranger
Autor: Raphael Draccon
Editora: Rocco (Selo Fantástica)
Páginas: 352

Compre: Submarino
Resenha por: Paulo Costa
Sinopse: Em diferentes partes do planeta Terra, cinco personagens sendo um soldado de elite do exército americano, desaparecido numa guerra do Afeganistão, uma africana guerrilheira, nascida em meio a conflitos étnicos em Ruanda, uma garçonete irlandesa praticante de artes marciais mistas, um hacker brasileiro descendente de orientais, um dublê francês mestre em Parkour cada um com realidades distintas acordam em uma outra dimensão. Em meio a guerras, envolvendo demônios, dragões, homens-leão, anões, gigantes, seres fantásticos e metal-vivo , os cinco precisam compreender os motivos de estarem ali e combater um mal que talvez não possa ser impedido. Este é o conceito de Cemitérios de Dragões, romance fantástico de Raphael Draccon, que marca a estréia do selo Fantástica da Editora Rocco. O autor de Dragões de Éter, apresenta uma versão moderna e adulta de um universo inspirado em séries Tokusatsu como Jaspion, Changeman, Ultraman, Power Rangers e tantas outras que marcaram a infância de toda uma geração.




Este é o segundo livro de Raphael Draccon que eu li. Além deste, só conhecia Dragões de Éter embora haja outras obras dele - Fios de Prata e Espíritos de Gelo - que até então desconhecia. E após muitas indicações decidi ler o mais breve possível.

Para mim, a primeira coisa percebi ao começar a ler foi o estilo do livro. O autor narra de forma peculiar o que é muito bom, faz com que o leitor crie uma espécie de laço com o escritor, reconhecendo o livro apenas pela forma como ele é contado.

Draccon adota uma narrativa ágil, com vários capítulos curtos, mas não fica devendo em nada no desenvolvimento da história. Parte disso é mérito dos seus personagens que são bem estruturados e cada um com características marcantes e ao modo como o livro é contado: através de vários pontos de Vista diferentes (algo que funciona muito bem em sucessos como Guerra dos Tronos/Game Of Thrones). Essa tática faz com que a história, embora corrida, não perca o fôlego e ainda dá a Draccon espaço suficiente para detalhar o mundo fantástico que ele cria, sem que nada fique chato ou cansativo.

O que me impressionou muito também foi a quantidade de referências à cultura pop que é encontrada no livro. No caso Star Wars, Harry Potter até Quentin Tarantino, está tudo lá. Em certo momento, encontrei até uma referência a Power Rangers que fez parte da minha infância e até hoje ainda faz. É sutil, delicado, em sintonia perfeita com o tema nada que seja forçado.

Cemitérios de Dragões é indispensável, imperdível para os loucos e apaixonados pela literatura fantástica, seres sobrenaturais e muita ação. Vale a pena ler também o restante da trilogia, Cidades de Dragões que foi lançado na Bienal do Livro no Rio de Janeiro este ano e o próximo que está sem título definido e já está marcado o lançamento para o ano que vem.

Boa leitura!


Espero que tenham curtido a resenha do meu amigo Paulo Kincard. 
Deixe sua opinião sobre a resenha e sobre o livro. Já leu, gostou, Quer ler? Conte! 
 

 Não esqueça de curtir a fã page para melhor divulgação das novidades literárias!  :)


Um comentário:

  1. Quero muito ler essa nova série do Draccon. Amei Dragões de Éter
    Vou esperar lançar logo tudo para eu não ficar sofrendo pelos cantos hahahhaha
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir

Obrigado pelo seu comentário! :)

Deixe seu link, quero ver o seu blog!
Abraços *-*

Este blog observa a LEI DE DIREITOS AUTORAIS 9.610, DE 19/02/1998, DO GOVERNO FEDERAL BRASILEIRO. Por favor, não copie o conteúdo deste blog. Os direitos autorais dos textos contido neste blog são propriedade da EQUIPE DO LIVROS & RETICÊNCIAS. A reprodução, adaptação, modificação ou utilização do conteúdo disponibilizado neste blog, parcial ou integralmente, é PERMITIDA SOMENTE COM AUTORIZAÇÃO PRÉVIA por escrito dos titulares dos direitos autorais. Qualquer USO NÃO AUTORIZADO PODE CONSTITUIR UMA VIOLAÇÃO DAS LEIS DE DIREITOS AUTORAIS, das leis de privacidade e das leis das regras de comunicações.
Tecnologia do Blogger.

Postagens Recentes

recentposts

Talvez você goste:

randomposts