quarta-feira, 14 de janeiro de 2015

{Resenha} Réquiem para um assassino - Paulo Levy



















Oláááááá! :)
Tudo Beleza? Hoje tem mais resenha, sei que estou fazer só resenhas, mais esse ano é outro ano, vai ter divulgação de lançamentos, dicas de leitura, caixinha de correio, release e muitoo mais ! ;)
Vamos conhecer agora a obra Réquiem para um assassino e Paulo Levy, seu autor.

 Sinopse:
Parecia uma manhã como outra qualquer na pequena Palmyra, uma cidade histórica no litoral do Rio de Janeiro. A caminho do trabalho, o delegado Joaquim Dornelas se espanta com um movimento incomum nas ruas. Diante da Igreja de Santa Teresa e da Antiga Cadeia, no Centro Histórico, uma multidão observa o corpo de um homem atolado na lama seca do canal.
Ninguém sabe como o corpo foi parar lá. Não há sinais de arrasto, marcas de barco, violência, ferimentos, nada. Apenas um band-aid na dobra interna do braço esquerdo. Abandonado pela mulher e longe dos filhos, o delegado Dornelas, um tipo humano, amante de cachaça e de mingau de farinha láctea, se envolve de corpo e alma no caso em busca de salvação.
Sem aviso, a irmã do morto e um vereador poderoso aparecem para dar informações importantes sobre o que se tornaria um caso de dimensões bem maiores do que Dornelas poderia imaginar. Aos poucos se revela uma complexa teia de interesses envolvendo a política, o tráfico de drogas, a prostituição e a comunidade local de pescadores. A intuição aguçada, a cultura e o conhecimento das forças que movem a natureza humana permitem ao delegado Joaquim Dornelas se mover habilmente pelo emaranhado de fatos e versões que a trama apresenta. O que a princípio seria mais uma investigação na sua carreira, se torna para o delegado uma jornada de transformação pessoal.

COMPRAR


Antes de entrar no meio editorial, em 2001, com uma empresa de livros digitais, fuiex uma porção de coisas: profissional de squash, redator publicitário, dono de agência e até de bar no litoral de São Paulo. 
Em seguida trabalhei com livros na editora Objetiva e com revista na editora Horizonte.
Em 2011 lancei-me como escritor. Meu livro de estreia, Réquiem para um assassino, assim como meu último lançamento, Morte na Flip, também é publicado pela Editora Bússola.




O livro de 220 páginas, publicado pela Bússola Editora, foi concedido de parceria pelo autor Paulo Levy. Tem como protagonista o Delegado Dornelas, um delegado experiente, e apaixonado pelo trabalho, foi abandonado pela mulher por causa da sua profissão e com isso teve de ficar afastado dos seus filhos. Mora apenas com seu cachorro Lupi, e com Neide, a empregada doméstica que faz seus afazeres e vai embora. Um homem apaixonado por um velho e bom goró, e não perde uma boa novela. Tem experiência com grandes investigações criminais, mas em uma certa manhã, a caminho da Delegacia, vê uma pequena aglomeração de pessoas na beira da baía, ao chegar próximo encontra um corpo boiando, a princípio um corpo desconhecido, sem marca qualquer, apenas um pequeno band-aid no braço. Imediatamente chama a policia e o IML, mas como todos sabem a demora é muita, então, Dornelas percebeu que a maré estava enchendo e com isso poderia perder alguma evidencia do crime, então ele tomou uma atitude e puxou o corpo para fora do cais. Como, os repórteres farejam carne podre a milhas de distancia conseguiram chegar a tempo e gravam este momento. O que deixou Dornelas conhecido em rede nacional. Mesmo com tudo isso a policia fez pouco caso com o crime, pensando que poderia ser um pescador ou morador de rua qualquer. Mas, o que eles não sabiam é que esse crime poderia ser um dos mais complicados das suas vidas. Um circulo vicioso, corrupto e criminoso. Uma bola de nele que está recheada de corrupção, violência, mentiras, depoimentos falsos, prostituição e muita sensualidade.
Confesso que não esperava muito do livro, mas MDS que demais. Um livro que ocorre uma mistura de gêneros, como romance <3 mistério :o Policial :3. Como já disse em algumas outras resenhas, adoro esse lance. Chegando ao fim do livro descobri que era o assassino, foi a primeira vez que isso aconteceu \o/
Fiquei muito triste com a morte de certa personagem, eu tinha me apaixonado por ela L
Mas, Deus sabe de todas as coisas, talvez se a vida dela não foi ceifada poderiam não ter chegado ao assassino. É um livro prazeroso de ler, uma história envolvente, aos poucos vamos percebendo que todos os fatos que se ligam. Dornelas é um personagem muito bem descrito e criado, tem memoria fotográfica e certo sensualismo que conquistou Dulce, a médica legista.

Li muitas resenhas positivas do livro, mas em quase todas elas as pessoas não gostavam da capa, mas MDS eu adorei essa capa, uma simplicidade que a deixa linda. Parabéns para a Dora Levy Design. Gente, se você analisar direitinho vai ver que é um rio, uma coisa parecida. Rsrs’ Não consigo explicar direito.
Então, um livro que tem um lado meio psicológico, podemos perceber que Dornelas se envolve de corpo e alma no caso, e não desiste até encontrar uma solução completa do caso. A edição é muito bonita, folhas leves e amareladas, a fonte da capa é linda, aquele estilo de maquina de escrever. Adorei. A editora fez um ótimo trabalho.
Parabéns ao Paulo Levy adorei a escrita leve e bem formada que ele tem. Espero ler e resenha o seu outro livro: Morte na Flip, uma nova aventura do Delegado Dornelas.
Espero que tenham gostado da resenha,
Deixe nos comentários sua opinião,
Abraços Literários :)
Isaac Zedecc

9 comentários:

  1. Adorei sua resenha!!!
    Sou louca pra ler este livro, a sinopse é fantastica <3

    ResponderExcluir
  2. Gostei da sua resenha, nunca tinha visto esse livro.

    http://cantinhodacarolll.blogspot.com.br/2015/01/tag-literaria-s2.html
    Recomendei voc em uma tag s2

    ResponderExcluir
  3. Parabéns pelo blog,. Por isso acho legal blogs literários a gnt sabe um pouco do livro antes de ler...
    Gostei, muito legal!
    Blog ArroJada
    Divulgação de Blogs

    ResponderExcluir
  4. Oláá Isaac, tudo bom?
    Que bacana sua resenha, já li esse livro e foi a primeira obra do gênero policial que li. Fiquei encantado com a escrita do Paulo e não vejo a hora de ler a continuação =)

    Abraços!
    Luan || Um Grande Vício Literário

    ResponderExcluir
  5. Você escreve muito bem. Adorei a resenha e o livro aparenta ser legalzinho.

    http://www.pampilho-ordinario.com/

    ResponderExcluir
  6. Gostei do livro! Bem interessante, além do mais eu gosto de um romance policial e pela resenha com uma grande pinta de mistério o que deixa tudo muito bom e muito melhor!

    Parabéns um dia chegarei ao seu nível na escrita das minhas resenhas :)

    ResponderExcluir
  7. Adorei a resenha. O livro parece ser maravilhoso! Parabéns.

    ResponderExcluir
  8. Super concordo com você, já resenhei o livro lá no blog também e achei super demais. A capa é uma das minhas preferidas e no inicio pensei que seria uma pintura abstrata, mas depois entendi que se trata do mangue. Também quase morri na morte "dela", foi tudo muito rápido e bem bolado. Adorei a narrativa e todo o projeto gráfico, e estou ansioso para ler "Morte na Flip", resumido, amei a resenha!

    http://www.readingwithafox.blogspot.com

    ResponderExcluir

Obrigado pelo seu comentário! :)

Deixe seu link, quero ver o seu blog!
Abraços *-*

Este blog observa a LEI DE DIREITOS AUTORAIS 9.610, DE 19/02/1998, DO GOVERNO FEDERAL BRASILEIRO. Por favor, não copie o conteúdo deste blog. Os direitos autorais dos textos contido neste blog são propriedade da EQUIPE DO LIVROS & RETICÊNCIAS. A reprodução, adaptação, modificação ou utilização do conteúdo disponibilizado neste blog, parcial ou integralmente, é PERMITIDA SOMENTE COM AUTORIZAÇÃO PRÉVIA por escrito dos titulares dos direitos autorais. Qualquer USO NÃO AUTORIZADO PODE CONSTITUIR UMA VIOLAÇÃO DAS LEIS DE DIREITOS AUTORAIS, das leis de privacidade e das leis das regras de comunicações.
Tecnologia do Blogger.

Postagens Recentes

recentposts

Talvez você goste:

randomposts