terça-feira, 15 de abril de 2014

TOP 5 : Eça de Queirós

Oiie ! *----* 


         Hoje resolvi fazer um TOP 5 de livros... Mas de que autor ?

Então escolhi um autor ótimo mas que o publico Infanto - Juvenil desfruta muito pouco  das suas obras !!


TOP 5 : Eça de Queirós



O Crime do Padre Amaro

 O Crime do Padre Amaro tem por alvo a crítica à sociedade portuguesa por meio da análise de duas constantes: o anticlericalismo e o provincianismo.

Essa obra tornou-se o marco do Naturalismo na Literatura Portuguesa e, como naturalista, o escritor defende a ideia de que o homem é fruto do meio em que vive, da origem hereditária que carrega e do momento histórico em que vive.

Esse determinismo é responsável pelo amoldamento do caráter do homem e é nesse contexto que se insere o protagonista Amaro Vieira, filho de criada e que após a morte dos pais foi adotado pela rica marquesa de Alegros. Tem sua educação voltada para o sacerdócio, embora não apresentasse vocação alguma para exercê-lo. Após ordenado, é nomeado pároco da pequena vila de Leiria e lá encontra Amélia, filha de Sá Joaneira, concubina do cônego Dias. Convivendo em um ambiente amoral, entre carolas e padres corrompidos, Amélia facilmente se deixa seduzir pelo padre Amaro.




Os Maias

 O que se faz ao longo dos dezoito capítulos deste romance de Eça é a dissecação da sociedade portuguesa de sua época, que ele se esmera em expor para apontar os males e a degeneração. Vêem-se, assim, no grande quadro social anatomizado pelo realismo de Eça de Queirós: o clero e a sua influência danosa ao pensamento e modo de vida portugueses; as moléstias sociais das média e alta burguesia lisboetas, com seus inúmeros e desastrosos casos de adultério; os ambientes literários e políticos, sua corrupção e tacanhice intelectual. Se é fato que a ironia é um dos grandes trunfos para a grandeza da escrita queirosiana, em Os Maias ela serve como potencializadora da tarefa trágica e também tão irônica do Destino. Talvez isso explique, em parte, a força de um romance, que, mais de um século depois de sua primeira publicação, é ainda capaz de atrair tantos leitores e de criar tamanho interesse.




 O Primo Basílio


Primeiro grande êxito literário de Eça de Queirós, este romance é marcado por uma análise minuciosa da sociedade de seu tempo. O autor usou da ironia, da linguagem coloquial e direta e, principalmente, do olhar atento sobre o cotidiano para revelar a intimidade da vida burguesa. Luísa é casada com Jorge e leva uma vidinha tão segura quanto entediada. O sonho, o romantismo e o desejo são despertados pela chegada do primo Basílio a Lisboa. Ao optar pelo adultério como tema central, a intenção do autor era provocar a discussão. Eça é o grande mestre do romance português moderno e certamente o mais popular entre os escritores do século XIX em Portugal e no Brasil.








 O Mandarin

 O mandarim fala sobre a reflexão das decisões e suas consequências, num episódio repleto de fantasia e inverossimilhança, focado com espirituosa filosofia e realidade.
 
- Isaac Zedecc    















 Um dia de Chuva


Neste pequeno livro Eça de Queiroz conta uma história de amor calma e contida, primeiro o amor por uma idéia (a de visitar o campo), logo o amor por um lugar (as serras e seu casario), e por fim o amor por uma mulher (da qual ouvimos histórias, mas nunca a voz). Um sujeito entediado com Lisboa viaja a região de seus pais, interessado em adquirir uma quinta (uma propriedade rural). Apesar de não ser muito distante de Lisboa ele tenta levar uma considerável bagagem da qual Eça providencialmente o faz separar-se ainda no trem. Isolado na casa paroquial desta cidade da província, ele passa os dias assuntando com um padre a eventual compra de um velho casarão. Mas o tempo está inclemente, chove o tempo todo. Os dias de chuva são vencidos com conversas mundanas com o padre que o acolheu, ouvindo histórias das famílias da região e tomando caldos fortes. Ele se interessa particularmente pela fotografia de uma menina, justamente a filha do dono da quinta que lhe interessa comprar e quando a conhece, no meio de um passeio de charrete, já está apaixonado. A menina como por mágica cessa os longos dias de chuva. Lisboa é abandonada como um sonho distante e mau.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pelo seu comentário! :)

Deixe seu link, quero ver o seu blog!
Abraços *-*

Este blog observa a LEI DE DIREITOS AUTORAIS 9.610, DE 19/02/1998, DO GOVERNO FEDERAL BRASILEIRO. Por favor, não copie o conteúdo deste blog. Os direitos autorais dos textos contido neste blog são propriedade da EQUIPE DO LIVROS & RETICÊNCIAS. A reprodução, adaptação, modificação ou utilização do conteúdo disponibilizado neste blog, parcial ou integralmente, é PERMITIDA SOMENTE COM AUTORIZAÇÃO PRÉVIA por escrito dos titulares dos direitos autorais. Qualquer USO NÃO AUTORIZADO PODE CONSTITUIR UMA VIOLAÇÃO DAS LEIS DE DIREITOS AUTORAIS, das leis de privacidade e das leis das regras de comunicações.
Tecnologia do Blogger.

Postagens Recentes

recentposts

Talvez você goste:

randomposts